A Sony anunciou que o PlayStation 4 fabricado no Brasil será vendido por R$ 2.599. Os consoles começam a ser vendidos a partir de 1º de outubro no país e o novo valor representa uma redução de 35% no preço oficial do aparelho. Lançado no final de 2013, o videogame foi vendido localmente a R$ 4 mil. A fabricação local, portanto, foi uma medida encontrada pela empresa para oferecer o PS4 por um valor mais baixo.

A montagem é terceirizada, feita pela Flextronics, na Zona Franca de Manaus, que já fabricou o Xbox One no país até a produção ser assumida pela Microsoft este ano.

Durante a feira E3 2015, realizada nos Estados Unidos em junho, Anderson Gracias, chefe da operação de PlayStation no Brasil, disse ao IGN Brasil que o objetivo era "trazer o console a um preço competitivo". Segundo ele, o PS4 brasileiro "será o mesmo produto, o mesmo aparelho que hoje é fabricado na China. O Brasil é o segundo país a ter fabricação local do PS4". Ele também disse que, inicialmente, o console será vendido sozinho [console, cabos e joystick], sem um bundle ou game, plano que deve ser executado posteriormente.

"A redução de preço, somente disponível no Brasil, será efetiva a partir de outubro de 2015 nos principais varejistas. O PS4 fabricado localmente é resultado de um trabalho duro e de perseverança da Sony Computer Entertainment Brasil trabalhando com agentes chave, e o segundo país no mundo a fabricar o PlayStation 4", diz o comunicado da Sony.

Em comparação com o console da concorrente Microsoft, o Xbox One é vendido oficialmente por R$ 1.999 mil (sem Kinect) e por R$ 2.299 mil com o sensor de movimentos.

Gracias já tinha apontado a intenção da fabricação nacional, o que, segundo ele, seria o "único meio de reduzir significativamente o valor do aparelho".